Marka Móveis

charles eames charles eames

CHARLES EAMES

EERO SAARINEN

HANS J. WEGNER

LE CORBUSIER

ARNE JACOBSEN

XAVIER PAUCHARD

PsicoterapiaOs detalhes não são detalhes
eles fazem o design.Psicoterapia
PsicoterapiaUma cadeira é um contexto para quem nela se senta. Não deve ser apenas bela, mas oferecer um contexto sedutor, sobretudo se é usada por uma mulher.Psicoterapia
Psicoterapiauma cadeira não tem lado de trás. deve ser lindo de todos os lados e ângulos.Psicoterapia
PsicoterapiaA arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob a luz.PsicoterapiaPsicoterapia
PsicoterapiaO principal são as proporções.Psicoterapia
Xavier
citação

Charles Eames, Jr (17 de Junho de 1907 – 21 de Agosto de 1978) nasceu em St. Louis (Missouri). Era o sobrinho do arquitecto William S. Eames. Por volta dos seus 14 anos, enquanto estudante do ensino secundário, Charles trabalhou em part-time na Laclede Steel Company, onde adquiriu conhecimentos de engenharia, desenho e arquitectura e onde mantinha a ideia de um dia vir a ser arquitecto.

Charles estudaria por algum tempo arquitectura na Universidade Washington em St. Louis com o apoio de uma bolsa de estudo, tendo desistido após dois anos. Várias fontes afirmam que teria sido afastado pela sua defesa de Frank Lloyd Wright e pelo seu interesse em arquitectos modernos, e alegadamente porque as suas posições seriam "demasiadamente modernas". Outras fontes, citadas com menos frequência, fazem notar que Charles Eames, ao mesmo tempo que estudava era também funcionário do gabinete de arquitectura Trueblood and Graf. As exigências de tempo por parte deste emprego a par das aulas, levaram à privação do sono e à diminuição da sua prestação académica.

Enquanto estudante na Universidade de Washington, conheceu a sua primeira mulher, Catherine Woermann, com quem casaria em 1929. Um ano mais tarde tiveram uma filha, Lucia.

Em 1930 deu início ao seu próprio gabinete de arquitectura em St. Louis, em parceria com Charles Gray. Mais tarde, juntar-se-ia um terceiro sócio, Walter Pauley.

Charles Eames foi bastante influenciado pelo arquitecto finlandês Eliel Saarinen, cujo filho Eero, também arquitecto, viria a ser seu sócio e amigo. A convite de Eliel, Charles muda-se com a sua família em 1938 para o Michigan de modo a prosseguir os estudos de arquitectura na Academia de Arte de Cranbrook, onde mais tarde chegaria a professor e responsável pelo departamento de design industrial. Em 1941, e em parceria com Eero Saarinen, desenhou mobiliário para a competição "Organic Design in Home Furnishings" Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. O trabalho de ambos, premiado, exibia a nova técnica de moldagem de madeira originalmente concebida por Alvar Aalto, que mais tarde Eames desenvolveria em inúmeros produtos de contraplacado moldado, incluindo, para além de cadeiras e outro mobiliário doméstico, macas para a Marinha norte-americana durante a II Guerra Mundial.

Também em 1941, Charles e Catarina divorciaram-se, tendo casado em seguida com a sua colega de Cranbrook Ray Kaiser, nascida em Sacramento, na Califórnia. O casal mudou-se então para Los Angeles, local onde trabalhariam o resto da vida. No fim da década de 40, Charles desenhou e construiu para ambos a pioneira Eames House, integrada no programa "Case Study Houses" da publicação Arts & Arhitecture. Localizada numa coline com vista para o Pacífico e construída à mão numa questão de dias com base em peças de aço pré-fabricadas destinadas à produção industrial, permanece um marco da arquitetura moderna.

Eero Saarinen (Kirkkonummi, 20 de agosto de 1910 - 1 de outubro de 1961) foi um famoso arquiteto finlandês.

Era filho do arquiteto finlandês Eliel Saarinen e emigrou para os Estados Unidos em 1923, tendo estudado arquitetura na Universidade de Yale. Após um curto período na Europa, em 1935 passou a lecionar na Cranbrook Academy of Art, da qual seu pai foi o primeiro presidente. Em 1937, iniciou um sociedade com Charles Eames, que os levou ao desenvolvimento de uma série de móveis bastante vanguardistas, premiados várias vezes no MOMA.

Desenhou também vários móveis para a Knoll International com grande sucesso, entre eles, a coleção Womb (1947 - 1948) e a coleção Pedestal, com a famosa cadeira Tulipa (1955 - 1956).

Hans Jørgensen Wegner (2 de abril de 1914 - 26 de janeiro de 2007) foi um designer de móveis dinamarquês de renome mundial. Sua alta qualidade e trabalho atencioso, juntamente com um esforço conjunto de vários de seus fabricantes, contribuíram para a popularidade internacional do design dinamarquês de meados do século. Seu estilo é frequentemente descrito como Funcionalidade Orgânica, uma escola modernista com ênfase na funcionalidade. Essa escola de pensamento surgiu principalmente nos países escandinavos com contribuições de Poul Henningsen, Alvar Aalto e Arne Jacobsen. Em sua vida ele projetou mais de 500 cadeiras diferentes, mais de 100 delas foram colocadas em produção em massa e muitas delas se tornaram ícones de design reconhecíveis.

Charles-Edouard Jeanneret-Gris, mais conhecido pelo pseudónimo de Le Corbusier (La Chaux-de-Fonds, 6 de Outubro de 1887 — Roquebrune-Cap-Martin, 27 de Agosto de 1965), foi um arquiteto, urbanista, escultor e pintor de origem suíça e naturalizado francês em 1930. É considerado, juntamente com Frank Lloyd Wright, Alvar Aalto, Mies van der Rohe e Oscar Niemeyer, um dos mais importantes arquitectos do século XX. Conhecido por ter sido o criador da Unité d'Habitation, conceito sobre o qual começou a trabalhar na década de 1920.

Aos 29 anos mudou-se para Paris, onde adotou o seu pseudónimo, que foi buscar ao nome do seu avô materno, originário da região de Albi. A sua figura era marcada pelos seus óculos redondos de aros escuros. Morreu por afogamento, em 27 de agosto de 1965.

Arne Jacobsen (Copenhague, 11 de fevereiro de 1902 — Copenhague, 24 de março de 1971) foi um arquiteto, decorador, projetista de móveis, têxtil e de cerâmicas dinamarquês.

Começou a trabalhar como pedreiro, acabando por se formar como arquiteto em 1927 na Academia Real de Artes de Copenhague, onde também foi professor a partir de 1956. De 1927 a 1930 trabalhou com o arquiteto Poul Holsoe e a partir desta data abriu o seu atelier, onde trabalhou até morrer.

Em 1951 criou a cadeira Ant, e em 1955 a Série 7, que se tornariam uma das cadeiras de maior sucesso comercial no mundo. Como arquiteto, os seus projetos mais conhecidos são o St. Catherine's College, em Oxford, e o Hotel Royal SAS de Copenhagen para o qual desenhou a cadeira Egg, em 1957.

Xavier Pauchard é um artesão francês nascido em 8 de março de 1880 em Saint-Léger-sous-Beuvray e morreu em 28 de junho de 1948 em Autun. Ele é o criador da marca de móveis Tolix.

Ele fundou as oficinas "X Pauchard" em 1905 e na década de 1930 ele arquivou a marca "Tolix". É sob essa marca que ele projeta uma gama de móveis de metal em relevo, incluindo a famosa "cadeira A", robusta e empilhável, que se torna um objeto de culto.

A "cadeira A" foi modificada por Jean Pauchard, filho de Xavier, em 1956 e tornou-se a "cadeira A56".

Ela ocupou o convés do transatlântico Normandie e desde então entrou nas coleções do Vitra Design Museum, MoMA e Centre Pompidou.


charles eames